segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Parceria com a Editora Gente e Única

Hoje eu venho com a primeira grande novidade do ano para o Rock my shoes: agora o blog é parceiro da Editora Gente e Única Editora! Decidi então apresentar, pra quem ainda não conhece, um pouquinho do trabalho que esses dois selos realizam. Olha só!

Editora Gente

Fundada em 17 de maio de 1984, a Editora Gente tem orgulho de ocupar um espaço destacado no mercado editorial brasileiro, com grande reconhecimento no segmento e também entre nossos consumidores como uma empresa profissional, inovadora, dinâmica, e, sobretudo, humana.

Nosso maior objetivo é contribuir com o desenvolvimento humano. Por isso, optamos por nos dedicar a três linhas editoriais: auto-ajuda, educação e gestão. A primeira, mais abrangente, abriga temas como espiritualidade, bem-estar, relacionamento, sexualidade, saúde, comportamento e finanças pessoais. A segunda aborda temas que atendem os interesses de pais, professores e pedagogos. Já a linha de gestão trata de questões de carreira, negócios, administração, gestão de recursos humanos e treinamento.

O ser humano é a nossa fonte de inspiração. A parceria com nossos autores nos faz ir sempre em busca de nosso objetivo, compartilhar conhecimentos e estimular o desenvolvimento de pessoas. Para isso, contamos também com uma equipe que tem a função de transformar conhecimento em produtos atraentes e de qualidade que agreguem valor aos nossos clientes.

Sempre atenta à evolução do mercado editorial e às tendências sociais e de comportamento no Brasil e no exterior, a Editora Gente está presente nos principais eventos do calendário literário nacional, e freqüentemente busca novidades em feiras internacionais. Sabemos que não há limites para o conhecimento e nossos livros vêm ultrapassando fronteiras. Muitos deles já foram publicados em diversos países.

Única Editora

Única é um selo de ficção que traz ao leitor brasileiro histórias originais, fortes e de personalidade. Cujos personagens são cativantes e aventureiros, mas com os pés no chão. A realidade contada pelos olhos da imaginação.

Uma editora focada nas boas histórias, que se permite acreditar que os defeitos são soluções, que sonhar é o caminho da felicidade. Que a lágrima é uma maturação das juras de amor.

Experimente-se Única. E se deixe guiar pelo mundo que só a literatura pode levar você.

Única. Imagine-se dona de um final feliz.

E então, gostaram da novidade?

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Confissões de um bibliófilo (tag)

Bibliofilia: arte de colecionar livros.

Não costumo responder tags aqui no blog, mas a Confissões de um bibliófilo, que eu vi no canal da Mell Ferraz do blog Literature-se, me chamou a atenção e como a Mell deixou livre pra quem quisesse responder, eu decidi participar. São 10 perguntinhas criadas por este canal e que tem a ver com livros, é claro.


1. Qual é o gênero de literatura que você se mantém longe?
Vou ser óbvia nessa: auto-ajuda.

2. Qual é o livro que você tem na estante e tem vergonha de não ter lido?
Certamente eu diria o livro Rainha da Moda da Caroline Weber. Ele estava na minha wishlist, eu o comprei (há mais de 1 ano), li os dois primeiros capítulos e parei porque estava sem tempo para terminar a leitura. E até agora não retomei. Shame on me!

3. Qual é o seu pior hábito enquanto leitor(a)?
Eu sou bastante ansiosa para terminar livros. Sim! Tenho a mania de ficar olhando o número da página pra saber se já estou chegando no final e acho que esse hábito não é muito legal.

4. Você costuma ler a sinopse antes de ler o livro? 
Sempre! Simplesmente não consigo ler um livro sem saber antes sobre o que se trata.

5. Qual é o livro mais caro da sua estante?
Audrey Hepburn - International Cover Girl. O encontrei em uma livraria física e, como eu ainda não tinha nenhum livro sobre a Audrey na época, comprei esse no impulso mesmo. Paguei mais de 100 dinheiros!

6. Você compra livros usados/em sebo?
Não tenho costume de comprar livros usados (apesar de já ter comprado) mas não tenho mimimi por causa disso.

7. Qual é a sua livraria (física) preferida?
Livraria Underground! Além de ser linda, com ilustrações de Alice nas paredes, a proprietária sabe muito sobre livros (e é minha amiga)! ♡

8. Qual é a sua livraria online preferida?
Compro livros online pelo Submarino. Não é livraria, mas é onde eu mais compro.

9. Você tem um orçamento (mensal) para comprar livros?
Não. Vou comprando conforme minha vontade e dinheiro disponível.

10. Quem você "tagueia"?
Bem, também vou deixar livre pra quem quiser responder. Quem participar pode deixar o link nos comentários, ok?

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Resenha: A menina que colecionava borboletas

Acompanho o trabalho da Bruna Vieira no blog Depois dos Quinze há mais ou menos 4 anos, desde a época em que ela morava no interior de Minas Gerais. Em 2012 fiz até um post falando sobre o estilo dela na tag it girls.

Apesar de ser grande admiradora da Bruna, confesso que até então eu ainda não tinha adquirido nenhum livro dela, por não ter costume de ler livros muito juvenis. Porém quando foi lançado o livro A menina que colecionava borboletas, fiquei tão admirada pelo trabalho da capa, pelo título e pela premissa de uma leitura mais madura (de acordo com várias resenhas que li), que não deu outra e tive que comprá-lo!


Este livro conta com 49 crônicas (bem mais do que eu esperava!) e ilustrações lindíssimas feitas por Malena Flores. Apesar de tudo, devo confessar que o livro não superou minhas expectativas, principalmente em se tratando da escrita, que imaginei que seria bem mais madura do que vemos nos textos do blog da Bruna.  

Porém gostei de diversas crônicas! As minhas preferidas foram Borboletas (que foi a mais mais preferida!), O que traz felicidade e É que eu te vi no metrô. Também achei muito legal ver a playlist que a Bruna criou pra gente ouvir enquanto lê o livro. Uma das minhas músicas preferidas do momento eu descobri através dessa lista!

Enfim, foi uma boa leitura! Tive que me conter pra não ler tudo de uma vez só e poder apreciar cada crônica. Recomendo o livro para quem está em busca de uma leitura simples e leve.

E aí, você já leu?

Título: A menina que colecionava borboletas
Autor: Bruna Vieira
Editora: Gutenberg
Páginas: 152