terça-feira, 29 de abril de 2014

O figurino de Meninas Malvadas


Dia 30 de abril completam 10 anos da estreia de um dos filmes mais divertidos já feitos para adolescentes: Meninas Malvadas! Esse filme era um dos meus preferidos na primeira década dos anos 2000, não só pela história, personagens e suas ótimas frases de efeito (You can't sit with us!), mas também pelo figurino que me inspirava bastante na época. As peças foram assinadas pela figurinista Mary Jane Fort, que fez uma pesquisa em escolas americanas para entender o modo de vestir das adolescentes.

Selecionei algumas das mais marcantes características do figurino do filme para comentar sobre. Let's see!


A minissaia é a peça-chave no guarda-roupas das plastics, isso ninguém pode negar. Em várias cenas elas aparecem, em diferentes modelagens, cores e estampas. A minha preferida, apesar de não ter nadinha a ver com o meu estilo pessoal, é a mini xadrezada rosa e azul pastel usada pela Lindsay Lohan (a primeira da imagem acima). Fofa!


"On wednesdays we wear pink." Foi a personagem da Amanda Seyfried que primeiro falou essa frase e até hoje, 10 anos depois, a vemos muito, principalmente na internet! No filme podemos perceber que não é só as quartas que as plastics vestem pink: há vestígios da cor em praticamente todas as cenas! E quem poderia prever que o pink seria uma das cores que estaria em voga no inverno de 2014 (hello, Balmain e Dries van Noten)?


Os figurinos/fantasias usadas pelas plastics no show de talentos e no Halloween são incríveis! De acordo com a figurinista do filme, foi tomado um grande cuidado para que nada parecesse trashy e sem valor. 


Pra falar a verdade, eu sempre preferi o estilo da Janis ao das plastics. A personagem tem um senso de estilo próprio, bem despojado e meio rebelde. E, por favor, o que é esse terno roxo? KICK-ASS!


Enfim, não é preciso analisar muito para perceber que o filme mostra muito bem como funciona a própria moda, principalmente a parte da imitação. Regina George era uma líder de opinião e todos que a admiravam seguiam o que ela dizia, começando pelas plastics até as outras garotas da escola. Essa influência definitivamente não parou por aí. O figurino de Meninas Malvadas inspirou várias adolescentes pelo mundo todo e marcou a geração do começo dos anos 2000, tendo vestígios de sua influência até hoje.

sábado, 26 de abril de 2014

90 minutos nos bastidores da Vogue

Apesar de viver rodeado de roupas maravilhosas, gente linda e todo esse glamour, trabalhar com moda não é fácil (quando você não é a Anna Wintour, claro). No documentário A Edição de Setembro é possível ver a dedicação com a qual os funcionários da revista Vogue americana montam a edição mais incrível que a revista já teve.

A personagem principal desse documentário é a temida Anna Wintour, editora-chefe da Vogue. Tudo o que é publicado na revista deve passar por suas mãos e ser aprovado. Quando algo não está bom deve ser refeito para que esteja bom.


Outra personagem importante é Grace Coddington, diretora criativa da revista e responsável pela criação da maior parte dos editoriais da Vogue. No documentário é mostrado todo o seu trabalho, tanto de pesquisa (que é muito importante nessa área) como o corre-corre na seleção das peças que vão ser fotografadas e discussões com a Anna.


Uma das coisas que mais  me chamou a atenção foi o que a Grace falou sobre o trabalho que "vai fora", por exemplo, fotografias lindíssimas que a Anna simplesmente não gostou. Achei uma pena porque estava tudo tão incrível, principalmente a foto descartada desse editorial com o grupo de modelos vestindo John Galliano.


Por outro lado, entendo muito bem a Anna, afinal ela dirige a melhor revista de moda que existe e não quer menos do que a perfeição! Suas decisões são tomadas com racionalidade (e pouca emoção), porque ela sabe que a revista carrega seu nome e não pode haver erros porque várias outras pessoas dependem disso.

Enfim, para saber mais é só assistir o documentário que se encontra abaixo. Eu adorei entrar nesse mundo da Vogue e, por mais estranho que possa parecer, me deixou com mais vontade ainda de trabalhar em uma revista de moda.

E aí, já pensou em passar 90 minutos nos bastidores da Vogue?



sábado, 19 de abril de 2014

Wishlist #4

Hoje é véspera de Páscoa, e aproveitando esse momento comercial resolvi postar alguns dos meus produtos-desejo do momento e torcer muito pra eu ganhar algum dinheirinho de presente para comprá-los.


1. Bolsa carteiro da Canna: A Canna é uma marca que produz bolsas e carteiras a partir de materiais sintéticos. Como eu sou vegetariana, faço o possível para não consumir produtos de origem animal e essa (além do design) é a preocupação principal da Canna. R$240,00 na Canna

2. Livro Marie Antoinette's Head por Will Bashor: Maria Antonieta é minha rainha preferida de todos os tempos e esse livro fala sobre Leonard Autie, criador do penteado pouf característico da rainha, além de outras coisas relacionadas a moda da monarquia francesa da época. $28,09 no Book Depository.

3. Livro Marilyn por Norman Mailer: Já assisti vários filmes e documentários sobre a vida de Marilyn Monroe porém até o momento ainda não li nadinha sobre ela. Essa é considerada uma das melhores biografias e por isso está nessa lista. R$40,00 na Saraiva.

4. Livro Audrey Hepburn por Barry Paris: No final do ano passado li a biografia da Audrey escrita pelo filho dela (prometo fazer resenha em breve), e segundo ele esta é o livro mais verídico sobre ela. $20,99 no Book Depository.

5. Box de DVDs das obras de Jane Austen: Esse box traz as principais adaptações dos clássicos livros de Jane Austen, como a série Orgulho e Preconceito (1995), Emma, Persuasão e Razão e Sensibilidade. R$129,00 no Submarino.

E aí, curtiram algum item?

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Look: Who I am is who I'm meant to be

Como eu já falei no primeiro look que eu publiquei no blog, eu não curto muito ser fotografada. Porém ontem decidi registrar esse look que eu usei pra ir pra faculdade. A qualidade da imagem não tá legal porque eu tive que fotografar sozinha e não tenho tripé então ainda não sei se nos próximos looks vou fazer desse jeito ou talvez fotografar somente as peças.

Enfim, a temperatura caiu um pouco essa semana e decidi vestir esse suéter. Comprei no Bolichão do Russo que é tipo um brechó de roupas não usadas. Vou explicar, esse local esteve fechado desde os anos 1980 com todos os produtos em suas embalagens, até um tempo atrás quando o proprietário decidiu reabrir o local e vender tudo a preço de banana. Esse suéter eu paguei 10 reais (!) e ele é bem quentinho. A saia de pregas de brocado foi confeccionada por mim e foi a primeira peça que eu fiz e que gostei. A meia tem padronagem de pied de poule (apesar de que não dá pra ver bem) e é da Trifil. Eu tenho ela há bastante tempo e ela tá inteirinha ainda! A sapatilha com detalhes metalizados é da Ramarim.


Espero que tenham gostado de ver algo um pouco mais pessoal aqui no blog. O que acharam?

sábado, 12 de abril de 2014

Zooey Deschanel para Tommy Hilfiger


Há alguns dias foi lançada a coleção "To Tommy, From Zooey", parceria entre Zooey Deschanel e Tommy Hilfiger, que mescla o estilo vintage da atriz com o preppy americano, típico do estilista. 


A silhueta é inspirada no estilo mod dos anos 1960 e as peças contam com detalhes muito bem colocados, como as pregas. A paleta de cores inclui vermelho, azul e branco, cores clássicas do estilo preppy.

estilo preppy é tipicamente americano pois é inspirado nos uniformes das escolas preparatórias de elite dos Estado Unidos. Tommy Hilfiger, assim como Ralph Lauren, constantemente utilizam o estilo preppy em seus trabalhos, disseminando-o como uma das grandes contribuições do país para a moda global.



As peças da coleção estão sendo vendidas a preços bem acessíveis, entre 98 e 199 dólares.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Estampa aquarela da Chanel

É só dar um round-up nas capas de revistas de moda dos últimos meses para estabelecer: a arte está na moda! Desde estampas figurativas remetentes a pop art até simples pinceladas de aquarela. 



E é justamente dessa última que eu venho lhes falar. A Chanel, em sua coleção primavera/verão 2014, criou uma estampa de pinceladas coloridas que virou hit! As peças da coleção foram protagonistas em mais de 10 capas de revistas de moda, sem falar nos incontáveis editoriais em que foram utilizadas.


Não tem como duvidar dessa tendência!

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Livro: Produção de Moda

Toda vez que vou na biblioteca da faculdade encontro algum livro legal que eu ainda não tinha visto. Meu último achado foi Produção de moda, escrito por Ruth Joffily e Maria de Andrade.

Como já deu pra perceber, eu gosto muito desse tema e pra quem quer seguir carreira na área de promoção de moda, stylist, figurinismo e etc esse livro traz, em uma linguagem bem simples, um grande número de informações interessantíssimas sobre essas profissões

No capítulo Bagagem as autoras trazem em tópicos vários assuntos importantes que o profissional de produção de moda deve ter conhecimento, desde trabalhos de importantes artistas até o perfil dos mais influentes designers.

Há também o capítulo Vida de Produtor que traz um pouco de como é a rotina de três profissionais: Felipe Veloso, Manu Carvalho e Bebel de Moares. Eles falam sobre suas rotinas de trabalho que, apesar de serem na mesma área, são bem diferentes uma das outras, afinal cada profissional tem sua forma de trabalhar.



Além do livro ser bem informativo, ainda tem ilustrações lindíssimas (como as que se encontram acima).

Título: Produção de Moda
Autor: Ruth Joffily e Maria de Andrade
Editora: Senac
Páginas: 144

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Animale Verão 2015


Além da coleção linda do Alexandre Herchcovitch, outra que gostei muito nessa temporada foi a da Animale, que também se apresentou na São Paulo Fashion Week essa semana. A marca trocou de direção criativa e dessa vez veio com uma estética mais leve e fluida.


A estilista Priscilla Darolt buscou inspiração em Recife e na Amazônia e focou na utilização de materiais característicos brasileiros como a renda renascença, que mesclou com o couro para se desprender do romantismo. Também foram utilizados materiais como látex, seda, tricô e técnicas de bordado.

Nos acessórios o destaque ficou com os sapatos e pulseiras maravilhosos.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Alexandre Herchcovitch Verão 2015


Desde segunda-feira vem acontecendo em São Paulo a 37ª edição da São Paulo Fashion Week, e ontem, no segundo dia de desfiles, o estilista Alexandre Herchcovitch apresentou sua coleção para o verão 2015, inspirada na feminilidade e exuberância de Marilyn Monroe, sem ser óbvio. 

Herchcovitch criou uma Marilyn contemporânea e ao mesmo tempo clássica com calças e casacos de corte reto e tecidos bem variados, como linho, sarja de lã e crochê bordado. 


O mix de acessórios vem com bolsas de mão, luvas e óculos com as lentes bem pequenas, que eu achei super charmosos. A maquiagem das modelas manteve o estilo clássico com rímel e batom vermelho.


Coleção aprovada!

terça-feira, 1 de abril de 2014

Capas de abril

Vou confessar que as capas de abril não me chamaram tanto a atenção quanto as do mês anterior, pelo menos em se tratando de design e fotografia.

No entanto, podemos ver muitas celebridades estampando as publicações no mundo todo. Amanda Seyfried na W, Lena Dunham na Glamour, Lauren Conrad na Allure, o elenco de Game of Thrones na Vanity Fair e a polêmica capa da Vogue americana com Kim Kardashiam e Kanye West. Achei tudo muito curioso. Será uma estratégia de vendas para essa época do ano?

Enfim, segue abaixo as minhas 5 capas preferidas de abril!

Gisele Bündchen ~ Marie Claire Brasil


Alexa Chung ~ Glamour Itália
Emma Watson ~ Elle USA
Sarah Jessica Parker ~ Harper's Bazaar UK
Anja Rubik ~ Elle Polônia